Artrite Reumatóide



É uma doença inflamatória crônica, de causa desconhecida, que acomete grande e pequenas articulações, com destaque para mãos e punhos,  associada à rigidez ao início dos movimentos, com duração maior que 30 minutos, assim como, a alterações laboratoriais e, em alguns caso, dos exames de imagem.Acomete mais mulheres do que homens, com início, sobretudo entre a terceira e quarta décadas de vida.

O diagnóstico é feito mediante história detalhada da doença, exame físico e avaliação de exames.


O tratamento da artrite reumatóide evoluiu muito na última década, sobretudo com a chegada dos chamados medicamentos biológicos, com destaque para Enbrel, Orência, Simponi, Humira, Remicade, Actemra, Cinzia, Mabthera e, mais recentemente com uma medicação extremamente promissora, o Xeljanz, representante de uma classe nova de fármacos.


Essas medicações não são indicadas a todos os pacientes e a prescrição depende da necessidade de cada um.  Quando bem indicadas, ajudam na melhora de qualidade de vida da pessoa e na prevenção de progressão da doença, tentando evitar as deformidades articulares.



Graças ao empenho da SBR, os medicamentos destinados ao tratamento da artrite reumatóide são disponibilizados pelo SUS (setor de Alto Custo), tornando democrática a melhora da qualidade de vida. Todo médico reumatologista, do setor público ou privado, pode beneficiar os seus pacientes com a  prescrição do que há de mais moderno no Brasil e no Mundo. Basta haver a indicação precisa para a sua utilização, o que é baseado no Protocolo Clínico e DiretrizesTerapêuticas da Artrite Reumatoide.


Converse com seu médico reumatologista.




Compartilhe